Skip to content

Setores e Fluxos

03/20/2012

Setores

Os setores são regiões do espaço que possuem:

A mesma função (ou função similar);

Compartilham da mesma intensidade e tipo de fluxo;

Um grupo específico de pessoas que o utilizam.

Enquanto layout do espaço arquitetônico:

Os cômodos com a mesma função devem ser localizados perto uns dos outros , este é o caminho mais eficiente para organizar o espaço.
Os espaços residenciais são normalmente divididos  em 3 áreas:  a social,  a íntima e a de serviço .
Para separar as áreas num espaço com diferentes níveis, usamos geralmente o andar superior, que normalmente é mais quieto, para a área íntima, e o inferior para as áreas de serviço e social.

Outro caminho para separar as áreas  são os vestíbulos, que também ajudam a  abafar os ruídos de uma peça para outra. Alguns biombos, arranjos especiais dos móveis, elementos de paisagismo e painéis  também podem servir para a separação de áreas em espaços abertos.

Basicamente a setorização pode ser vista sob três áreas: área social, área de serviço e área privativa.

ÁREA SOCIAL:

As áreas sociais são destinadas a sociabilização e devem ter uma atmosfera  que propicie a convivência entre as pessoas. Podem fazer parte desta área os seguintes espaços:

•Hall de Entrada

•Lavabo

•Living
•Sala de Jantar
•Home Theater
•Sala de Jogos
•Sala de Ginástica

A ÁREA ÍNTIMA:

Essa área deve proporcionar conforto e privacidade, portanto não deve ter ligação direta com a área social.

Dormir é uma necessidade básica do ser humano, e o espaço destinado a essa atividade deve ser quieto, relaxante, prático e confortável.   Assim como a higiene pessoal, que pode ocorrer em banheiros simples e racionais, ou em verdadeiros spas.

Espaços de convivência íntima da família, como estar íntimo e copa, normalmente localizam-se nesta área.

Fazem parte desta área os seguintes espaços:

• Dormitórios de casal, solteiro (crianças ou adolescentes), de bebê ou hóspede.
• Banheiro,  Copa / estar íntimo

ÁREA DE SERVIÇO

Na área de serviço, ocorrem todos os trabalhos de suporte para a manutenção de uma casa, e seu layout exige funcionalidade e

praticidade. São verdadeiros postos de serviço e devem ser estudados como tal.

Fazem parte desta área os seguintes espaços:

Cozinha
Lavanderia
Garagem
Escritório (este pode ser localizado também em outros espaços,  dependendo da sua finalidade)
Dependências de empregada
Vale lembrar  o que já foi comentado em outros posts: Os espaços recebem usos diferentes por culturas e famílias diferentes. Assim, um home office pode ser uma área de serviço ou uma área privativa, depende do uso que é feito dele.
Existe um erro  muito comum que está em acreditar que as áreas de serviço são as áreas reservadas aos funcionários da casa, isso não acontece. As áreas de serviço são as áreas utilizadas para a realização das atividades de manutenção da casa e das pessoas que vivem ali.
setor

Setorização de um espaço residencial

Fluxos e Circulações

Circulação é a movimentação das pessoas pelo espaço.  O “caminho” percorrido por essas pessoas são os fluxos da casa. São os movimentos que as pessoas fazem para executar as atividades cotidianas.
A circulação de pessoas deve ocorrer facilmente de dentro para fora de casa e de um cômodo/ ambiente  para o outro.
Os móveis devem ser arranjados conforme as atividades que acontecerão no espaço.
As áreas de maior circulação não devem passar pelas zonas mais quietas da casa.
Atividades como: assistir televisão e ouvir música, conversar e estudar não devem ser interrompidas pelo trânsito de pessoas pelo ambiente.
As áreas de circulação devem ser estudadas para serem seguras por isso devemos prever e evitar acidentes.

A circulação deve permitir um acesso fácil otimizando os espaços podendo pode ser:

Natural:

Circulação natural é aquela que flui sem problemas, sem desvios.

Forçada:

A circulação forçada é aquela na qual desviamos do caminho natural por motivos funcionais ou estéticos.  Devemos usar neste caso, elementos que redirecionem o fluxo, como tapetes, diferenças de piso, cor, iluminação, etc …

Fluxo natural - fonte: Miriam Gurgel

Fluxo Forçado - fonte: Miriam Gurgel

A circulação é marcada pelos fluxos.
• Os fluxos são as possibilidades de caminhos previstas pelo designer, que propiciam o melhor aproveitamento do espaço com o desenvolvimento das funções ali exercidas.

Por isso, deve existir uma preocupação bastante grande com a elaboração inequívoca dos fluxos do espaços . Quanto mais simples e intuitivo for o fluxo, melhor o aproveitamento do espaço.

Anúncios
Deixe um comentário

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: